Buscar
  • Daniel Monteiro

Saiba porque em uma contraproposta ninguém sai ganhando

Pessoas procuram outros empregos por diversas razões: buscar novos desafios, obter valorização pessoal, aumento salarial, conquistar melhores condições de trabalho, também, motivadas por inúmeros tipos de insatisfação.

Muitas vezes no momento em que a pessoa anuncia que irá sair da empresa, que tem uma nova oportunidade em vista e que pretende aceitá-la. Ela recebe uma valorização com o objetivo de garantir sua permanência, é uma ferramenta de emergência, chamamos de contraproposta. Ou seja, é o momento em que o empregador ou gestor oferece um aumento ou promoção para reter o funcionário que pede demissão.


Então porque ninguém sai ganhando? Vamos destrinchar alguns pontos sobre a contraproposta:





De onde surgiu a vontade de deixar a empresa?


Ao receber uma contraproposta, é fundamental ter em mente as razões que levaram à sua insatisfação com a empresa na qual você trabalha: essa contraproposta consegue, de fato, resolver os problemas que te levaram a buscar outras possibilidades?

Grande parte dos profissionais insatisfeitos com seus empregos não conseguem solucionar as situações que levaram à insatisfação, e a compensação financeira não é suficiente para fazer essa permanência valer à pena.


Diversas pesquisas, como esta desenvolvida pela empresa de recrutamento inglesa Hays, indicam que profissionais que recebem uma contraproposta tendem a deixar a empresa em pouco tempo. 46% dos mais de 2,5 milhões de colaboradores de 2.752 empresas analisadas deixaram seus cargos mesmo após uma contraproposta. 4% aceitaram a oferta, mas saíram da empresa em menos de três meses, e 21% permaneceram na empresa por menos de um ano. Apenas 29% dos funcionários que receberam uma contraproposta continuaram na empresa por mais de um ano.


E qual o motivo dessa contraproposta?


Também vale pensar sobre o porquê da contraproposta. Será que ela demonstra mesmo uma valorização de suas atividades enquanto profissional? Por qual motivo você é indispensável naquele momento? Reflita com sinceridade.


Em várias ocasiões, gestores utilizam essa estratégia para economizar tempo e recursos que seriam empreendidos em encontrar outro profissional qualificado para a função, contratá-lo e treiná-lo. A variação do seu salário, muitas vezes, é menor que esses custos. Sua valorização virá, portanto, de uma pressão externa, e não de um reconhecimento de suas habilidades ou de sua produtividade.


A contraproposta também costuma ser utilizada como uma forma de ganhar tempo para, de fato, contratar alguém para te substituir. Afinal, colocando-se na posição do empregador, um profissional que já demonstrou sua insatisfação e está, inclusive, considerando outras empresas, acaba perdendo um pouco da confiança de seus gestores, e sempre haverá uma incerteza sobre sua dedicação à empresa. Em possíveis situações de cortes de gastos, será uma alternativa simples na hora de escolher quem não continuará no quadro de funcionários.

Por um motivo ou por outro, aceitar uma contraproposta não pega bem.


Então, como lidar com as insatisfações que podem te levar a sair?


É cômodo e, muitas vezes, sentimos mais segurança em permanecer no lugar em que estamos e que conhecemos já há algum tempo. A contraproposta, no entanto, acaba piorando a situação de um profissional dentro de uma empresa, quando analisada mais a fundo.


Caso você esteja insatisfeito com algum processo ou aspecto do local onde trabalha, converse com seus gestores, explique o que lhe incomoda, e discuta a possibilidade de essas questões serem observadas. Avalie se há possibilidade de atender a suas expectativas dentro do lugar onde você trabalha. Faça isso antes de voltar sua atenção para outras oportunidades no mercado, e antes mesmo de iniciar em um processo seletivo.


O mais acertado para sua carreira, caso os problemas que lhe geram insatisfação não sejam solucionáveis, é procurar uma empresa que esteja alinhada com sua visão e sua forma de trabalho. E lembre-se que, por mais que uma contraproposta pareça, à primeira vista, um elogio a você enquanto profissional, não é ela que solucionará os problemas que levaram a sua insatisfação.


#hrtechs #gptw #recrutamento #carreira #desenvolvimentoprofissional

0 visualização
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

ENCONTRE-NOS

WeWork - Savassi Mall

Rua Sergipe, 1440

Belo Horizonte – MG